quinta-feira, 26 de novembro de 2009


O biógrafo Charles Cross veio a público anunciar a sua teoria de que o sucesso do clássico de 1971 dos Led Zeppelin, 'Stairway to Heaven', se deve ao facto de ter a duração necessária para os radialistas fazerem uma pausa para fumar um cigarro.Segundo o principal biógrafo da histórica banda britânica, pelo menos 100 locutores de rádio afirmaram que o tema «tem a duração perfeita de uma pausa para o cigarro».
«A canção tornou-se um sucesso por acaso. Juro que falei com mais de 100 DJs que me confessaram que só passavam a música porque dava tempo para saírem do estúdio e fumarem um cigarro até ao fim. Bastava ter um minuto a mais que já seria longa demais», comentou Cross ao New York Post.
Curiosamente 'Stairway to Heaven' nunca foi lançada como single pela banda, mas é um dos temas mais rodados de sempre dos Led Zeppelin. Segundo Cross, a popularidade da música tem hoje em dia efeitos diferentes dentro do próprio grupo já que o guitarrista Jimmy Page adora tocar o crescendo de guitarra que torna o tema tão reconhecível, solo que é odiado pelo vocalista Robert Plant. O biógrafo indica mesmo que o ódio de Plant pela canção é a principal razão para a resistência à reunião da mítica banda, tudo porque «Plant não quer cantar 'Stairway to Heaven' todos os dias».
Recordando... e é uma das minhas favoritas...



1 comentário:

joão disse...

Stairway confunde-se com a história dos Led.Da próxima vez que fumar um cigarro vou-me lembrar disto... :)