segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

“As Serviçais” triunfaram nos prémios do Sindicato de Actores


Contrariando a onda dos prémios de cinema que tem premiado constantemente “O Artista”, o filme histórico “As Serviçais” foi o grande vencedor dos prémios do Sindicato de Actores (Screen Actors Guild). O filme de Tate Taylor conquistou três troféus, entre eles o de Melhor Elenco, o equivalente a Melhor Filme.Elenco do filme "As Serviçais" (AFP)A norte-americana Viola Davis, que está nomeada para os Óscares, venceu o galardão de Melhor Actriz, deixando para trás Meryl Streep. E Octavia Spencer, também na corrida aos Óscares, foi distinguida com a estatueta de Melhor Actriz Secundária, prémio que já conquistou nos Globos de Ouro. 

Os três prémios conquistados pelo filme, sobre o racismo na região sul dos Estados Unidos no início dos anos 1960, foram uma surpresa, uma vez que o filme mudo francês de Michel Hazanavicius era apontado como o grande favorito. Desta vez, porém, arrecadou apenas um galardão, o de melhor actor para Jean Dujardin.

Christopher Plummer, de 81 anos, que representa em “Assim é o Amor” um homem que assume a homossexualidade depois de a mulher morrer, foi premiado na categoria de melhor actor secundário.

À semelhança do que acontece nos Globos de Ouro, os prémios do Sindicato de Actores distinguem também as melhores representações e interpretações na televisão. Os prémios foram para as séries do costume: “Boardwalk Empire” (Melhor Elenco num Drama) e “Uma Família Muito Moderna” (Melhor Clenco numa Comédia).

Steve Buscemi, protagonista da série de Martin Scorsese (“Boardwalk Empire”), arrecadou o prémio de Melhor Actor Drama, e Jessica Lange venceu na categoria feminina, Melhor Actriz, pelo papel em “American Horror Story”. 

Alec Baldwin, estrela de “Rockefeller 30”, venceu o galardão de Melhor Actor em Comédia, e Betty White, da série “Hot in Cleveland” conquistou o troféu de Melhor Actriz na mesma categoria.

O prémio de Melhor Actor num Telefilme ou Minissérie foi para o norte-americano Paul Giamatti, pelo seu papel em “Too Big to Fail”, sobre a crise financeira de 2008. Kate Winslet venceu na categoria de Melhor Actriz num Telefilme ou Minissérie por “Mildred Pierce”, prémio que já tinha conquistado nos Globos de Ouro.

Os prémios do Sindicato de Actores, votados pelos actores, são um indicador dos possíveis vencedores dos Óscares, uma vez que a grande parte destes, por serem membros da Academia, também votam nos Óscares.

1 comentário:

Prof. António Ricardo Silva disse...

Vi As Serviçais noutro dia e realmente é um bom filme! Não me parece um excelente filme, mas é bom sim senhor! :)