terça-feira, 23 de março de 2010

Para que não se esqueçam ...mesmo!


A propalada longa-metragem "When You're Strange", que conta a história completa dos Doors, é um dos documentários de música que vão ser exibidos na secção IndieMusic da edição deste ano do IndieLisboa, que decorre entre 22 de Abril e 2 de Maio.

O filme é realizado pelo cineasta Tom DiCillo e conta com os préstimos vocais do actor Johnny Depp na narração. O documentário inclui imagens inéditas de Jim Morrison e é descrito pelo antigo teclista do grupo, Ray Manzarek, como um filme «anti-Oliver Stone», em referência ao biopic "The Doors ­ O Mito de uma Geração" que o autor de "Platoon - Os Bravos do Pelotão" dirigiu.

Outro dos documentários em destaque é o filme-concerto da actuação histórica de Leonard Cohen no memorável Festival da Ilha de Wight, "Leonard Cohen: Live at the Isle of Wight 1970". O filme de Murray Lerner (cromo de documentários em festivais de música, como as várias edições dos anos 60 do Festival Folk de Newport) capta Leonard Cohen na sua fase de trovador folk, cantando diante de centenas de milhar de pessoas a altas horas da madrugada.

O IndieMusic também dedica atenção à música nacional e lusófona. "Music Box Club Docs" centra-se na actividade de cinco nomes ascendentes portugueses: Micro Audio Waves, J. P. Simões, X-Wife, Dealema e Terrakota, através de entrevistas e filmagens de concertos. O IndieLisboa vai apresentar igualmente a trilogia de Jorge António sobre a música popular angolana, incluindo a longa-metragem mais recente "O Lendário Tio Liceu e os Ngola Ritmos".

Mas há mais filmes. "All Tomorrow's Parties" documenta a história do festival anual britânico de música indie com o mesmo nome e inclui imagens ao vivo dos Sonic Youth, Patti Smith, Grizzly Bear, Animal Collective e dezenas de outros nomes. O DJ chileno Ricardo Villalobos é retratado no documentário de Romuald Karmakar, Villalobos. E "We Don't Care About Music Anyway..." foca a sua atenção na fértil cena de avant-garde de Tóquio.

Os bilhetes custam 3,50 euros (há descontos de 50 cêntimos).

O IndieLisboa de 2010 vai decorrer nos cinemas São Jorge, Londres, Cinema City Classic Alvalade e na Culturgest.

1 comentário:

Manuela Coelho disse...

os alfacinhas são uns privilegiados:)